Blog

Os benefícios dos chás: desde ação antioxidante até melhora do sono

Uma tradição milenar e uma das bebidas mais consumidas do mundo. O uso de chás para fins medicinais pode trazer diversos benefícios para a saúde, além de serem saborosos. Cada planta possui propriedades especiais, que vão desde a ação antioxidante até a potencialização do sono. O segredo, dizem os especialistas, é a preparação para a extração das substâncias.

O consumo, no entanto, precisa ser moderado, e principalmente no caso de grávidas, lactantes, idosos e crianças, o recomendado é sempre consultar um médico antes de fazer uso da bebida.

Segundo uma pesquisa do Hospital Universitário de Zhujiang, na China, quem consome chá tem menos chances de desenvolver câncer de fígado, esteatose hepática (gordura no fígado), cirrose e doença hepática crônica. Um artigo publicado na revista acadêmica Stroke também comprovou que o chá verde e preto diminuí em 21% a chance de um AVC.

O hábito, inclusive, foi associado ao aperfeiçoamento de funções cognitivas, e a um fator de diminuição em 37% de chances de desenvolver depressão, de acordo com um estudo da Universidade de Huazhon, na China.

Para especialistas, tanto a procedência da planta fresca como a preparação são essenciais. Não devem ser utilizados recipientes de plástico, alumínio ou ferro. É recomendado 250 ml de água para cada colher de sopa da planta. A bebida pode ser colocada na geladeira, mas não deve ser reaquecida.

Como é considerado um remédio, os chás podem desencadear contraindicações, pois algumas plantas tendem a potencializar sintomas de risco.  A recomendação médica do uso de chás é de no máximo 600 ml por dia, fracionados em três doses de 200 ml. E não devem ser misturadas mais de três plantas.

Um dos riscos de doses exageradas dos chás é a lesão do fígado. Médicos reforçam que é uma questão de bom senso e medida. Quem consome chá deve associar a uma alimentação equilibrada e a prática de exercícios físicos.

CHÁ VERDE

É desintoxicante, ajuda a fortalecer o sistema imunológico e previne problemas cardiovasculares. Esse chá também acelera o metabolismo e pode contribuir na perda de peso;

CHÁ DE CAMOMILA

Com seu conhecido efeito calmante, que pode ajudar na ansiedade e insônia, a planta aumenta a atividade antibacteriana e suaviza cólicas. Outros chás que potencializam o sono são mulungu, maracujá e melissa. Para a TPM, amora e dente-de-leão;

CHÁ DE CAVALINHA

A erva contribui para diminuir a retenção de líquido corporal e eliminar toxinas, auxiliando na circulação sanguínea. Para um efeito desintoxicante, alcachofra e capim cidreira também são aliados;

CHÁ PRETO

Com propriedades anti-inflamatórias, ajuda a prevenir diabetes e ataques cardíacos. Ainda diminui o apetite;

CHÁ DE GENGIBRE

Além de ter propriedades anti-inflamatórias, o gengibre atua no sistema digestivo contra cólicas e gases. A raiz também ajuda a combater enjoos e náuseas. Outros chás que auxiliam na disfunção abdominal são a erva cidreira, folha de stevia, cravo, funcho e hortelã;

CHÁ DE HIBISCO

Essa flor tem ação antioxidante e anti-inflamatória, e é diurético, capaz de fazer uma varredura de toxinas do organismo. Pode ser um aliado na perda de gorduras;

CHÁ MATE

Com ação termogênica e antioxidante, é bom para acelerar o metabolismo e evitar o envelhecimento precoce. É preciso um cuidado, apenas, com o seu poder estimulante por ter cafeína;

CHÁ DE ANIS ESTRELADO

Bebida expectorante, facilita a eliminação do muco. Também tem efeito digestivo e calmante.

Fonte: O Dia

Compartilhe

Voltar para a página anteior Ir para a página inicial

Seja um Distribuidor